Sem força, Daniel Pereira desiste de candidatura e partido fecha acordo com PDT

Eleição 2018

A novela que se estendeu desde maio chegou a um capitulo final, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Rondônia selaram na última a união que será confirmada em convenção conjunta dos dois partidos, que ocorre no próximo dia 29 de julho, em Porto Velho.

A decisão acaba com as chances de reeleição do atual governador Daniel Pereira (PSB) e fecha uma aliança com o senador Acir Gurgacz (PDT), que enfrenta problemas na justiça, mas que já confirmou a pré-candidatura.

A decisão  foi tomada em reunião entre o presidente estadual do PDT, Acir, o governador do estado, o presidente estadual do PSB, Mauro Nazif, junto com os deputados estaduais Cleiton Roque (PSB) e Airton Gurgacz (PDT), e ainda o secretário geral do PDT, José Albuquerque Cavalcante.

De acordo com o senador Acir Gurgacz, a união do PDT com o PSB faz parte de uma ampla aliança, à esquerda, que está sendo construída para disputar as eleições deste ano, que conta também com a pré-candidatura de Jesualdo Pires, ex-prefeito de Ji-Paraná, ao Senado.

Fora dos holofotes da esquerda estadual, o Partido dos Trabalhadores (PT) deve disputar as eleições com uma chapa puro sangue. O partido já tem o nome da ex-senadora Fátima Cleide,  mais uma vez na disputa pela Câmara Alta do congresso.

O voo solo do partido mostra a fraqueza do partido que vem sofrendo diversas derrotas no plano estadual nas últimas eleições.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s