Eleições 2018 no Direto da Redação: confira as últimas notícias sobre a corrida presidencial

Eleição 2018

Veja um resumo das principais notícias sobre a corrida presidencial deste ano:

‘Sei que Temer é ladrão’, diz Ciro Gomes 

O candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, participou de uma sabatina promovida pela GloboNews nesta quarta-feira (1º). Ao ser questionado sobre um suposto isolamento de sua candidatura dentro do espectro político brasileiro, Ciro demonstrou frustração com o PT, lembrando que foi fiel a Lula por 16 anos.

“Eles (PT) não estão pensando no país. Querem perpetuar um projeto de poder. O comportamento do PT de insistir numa candidatura que tende a ser impugnada é hostil à sorte do povo brasileiro”.

Sobre os 77 processos que responde na Justiça, Ciro voltou a criticar o MDB e se disse orgulhoso

“Eu sou um indignado. Tenho 77 processos por denunciar pessoas como Eunício Oliveira, Eduardo Cunha e Michel Temer. Fora do Brasil isso é visto como virtude (…) Eu sei factualmente que o Michel Temer é ladrão e por isso o chamo de ladrão”.

“Não aceito negociação com a quadrilha que tomou conta do PMDB”, declarou Ciro. 

Reforço para Álvaro Dias

O Partido Republicano Progressista (PRP) anunciou apoio a Álvaro Dias, pré-candidato do Podemos à Presidência da República. A convenção do PRP foi na manhã desta quarta-feira (1º), em São José do Rio Preto, no interior paulista.

Já em uma reunião da Executiva Nacional, o Partido Social Cristão (PSC) decidiu retirar a candidatura de Paulo Rabello de Castro à Presidência da República e anunciou que ele vai ser candidato a vice-presidente na chapa encabeçada pelo senador do Podemos.

PRB e DEM vão apoiar candidatura de Geraldo Alckmin

Em convenção realizada nesta quarta-feira (1º), o Partido Republicano Brasileiro (PRB) não lançou candidato à Presidência da República. O partido homologou o apoio ao pré-candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin.

Já o Democratas oficializou nesta quinta-feira (2) o apoio à pré-candidatura à Presidência da República do ex-governador de São Paulo.  A decisão foi tomada durante a convenção nacional do partido, em um hotel em Brasília.

Sem vice, PCdoB lança candidatura de Manuela D’Ávila à Presidência 

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) oficializou nesta quarta-feira (1º) a candidatura à Presidência da deputada Manuela D’Ávila. Ela é jornalista, ex-deputada federal e hoje deputada estadual no Rio Grande do Sul.

Apesar de oficializar o nome de Manuela D’ávila, o PCdoB deixou aberta a possibilidade de apoiar outro candidato à presidência. A decisão vai ser tomada em até duas semanas, quando termina o prazo para registrar as candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral.

PT vai apoiar PSB em troca da neutralidade na eleição presidencial

Em um acordo costurado nesta quarta-feira (1º), o PT se comprometeu a apoiar os candidatos do PSB aos governos de Amazonas, Amapá, Paraíba e Pernambuco em troca da neutralidade dos socialistas na eleição presidencial.

Ao decidir pelo apoio aos candidatos aos governos desses estados, o PT conseguiu que o PSB não apoie nenhum candidato na disputa pelo Palácio do Planalto, a posição era rejeitada há duas semanas pelo presidente do PSB, Carlos Siqueira.

A campanha do candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, vinha tentando atrair o apoio do PSB para formalizar uma chapa entre os dois partidos, na qual o PSB indicaria o candidato a vice, mas com o acordo selado com o PT a chapa de Ciro além de enfraquecida e sem vice pode ter apenas o PDT na composição.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s