PM agride gestante de 7 meses, ela cai no chão e começa a sentir contrações no meio da rua

Um vídeo, que já foi compartilhado mais de 20 mil vezes em grupos do Facebook, está causando muita revolta, sobretudo nos grupos de mães.

As imagens mostram o momento em que uma mãe parece discutir com um policial enquanto segura uma criança no colo. Depois de alguns segundos a discussão começa a ficar mais séria e um dos militares tenta imobilizar a vítima, que está grávida.

Uma pessoa aparece e tira a criança do colo da mãe. Nesse instante, um dos policiais puxa a mulher pelos cabelos e a atira no chão, onde ela passa a sentir fortes contrações. Algumas pessoas próximas auxiliam a vítima, inclusive retiram a calcinha dela e oferece uma camiseta branca para que seja feito o parto, mas ele não acontece e a mulher é encaminhada ao Hospital.

O vídeo foi registrado por um morador da cidade de Porto Velho (RO) e a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) de Rondônia declarou que esta apurando o caso. Policial é fotografado cuidando de bebê enquanto mãe faz denúncia de violência doméstica

De acordo com a assessoria da PMRO, os policiais militares foram identificados e pertencem ao 9º Batalhão de Polícia Militar, em Porto Velho. “Logo após a corregedoria tomar conhecimento do vídeo, os policiais militares foram afastados das ruas e aberto um Inquérito Policial Militar para apurar as medidas tomadas pelos policiais militares. Eles e a pessoa da ação serão ouvidos pela Corregedoria”, informou.

Em entrevista exclusiva à CRESCER, o Capitão Amorim, do 9º Batalhão de Polícia Militar disse que os policiais foram chamados por causa de uma queixa de violência doméstica.

Segundo ele, o marido da gestante havia jogado um cachorro do terceiro andar do prédio, eles brigaram e a polícia foi chamada. Ao chegar no local, a mulher discutiu com os policiais mesmo após voz de prisão do marido. “A queda não causou nenhum dano a ela nem ao bebê. Ela foi levada para delegacia e, posteriormente, liberada. Os policiais foram afastados e foi aberto um Inquérito para averiguar os fatos”, informou Amorim. O cachorro sofreu ferimentos leves.

——————

Visite as nossas páginas no FacebookTwitterInstagramFlipboard e SoundCloud!

Entre em contato com o Direto da Redação, mande sua notícia com fotos e vídeos, críticas ou elogios pelo WhatsApp: (69) 98108-7293

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.