10 dicas essenciais para você não vacilar no currículo e na sua entrevista de emprego

Por: Carla Matsu – ITM!

A saga de procurar um novo emprego requer não só disposição e empenho, mas também serenidade para manter os níveis de ansiedade sob controle. Afinal, quando se quer avançar na carreira, não há nada mais inquietante do que ter de esperar pela resposta do outro. No caso, o RH de uma empresa.

Nessa busca, há uma série de reflexões que precisam ser feitas, segundo os especialistas em Recursos Humanos, Rafael Riquetto e Bruna Mirella. Os dois participaram da 12ª edição da Campus Party no palco Campus Jobs, com programação voltada para campuseiros que estão entrando no mercado de trabalho. A seguir, separamos dez conselhos que eles compartilharam para fazer um melhor currículo e não vacilar na entrevista de emprego.

1. Seu principal cartão de visitas

Dedique atenção na hora de escrever o seu currículo, ele é a primeira porta de entrada para o setor de recrutamento de uma empresa conhecer você. Entre as dicas que Bruna e Rafael dão estão o uso de palavras-chave para descrever a sua área já no topo do currículo. Isso vale para o LinkedIn. Segundo Bruna, esses termos são cruciais para recrutadores que buscam a plataforma para encontrar novos candidatos. Coloque também seus dados pessoais e endereço no topo do currículo. Logo abaixo, escreva um resumo da sua trajetória profissional. Poucas linhas que descrevam a sua carreira para que o recrutador já possa, de cara, ser impactado com a sua trajetória.

2. Revise. Revise e revise

Erros de português no seu currículo podem ser o prego no caixão da sua candidatura. Para Bruna, ao se deparar com erros de ortografia e concordância no documento, o candidato sinaliza que ele não teve atenção necessária ao escrever e isso poderá se refletir na forma como ele trabalha.

3. Nunca minta

Talvez você esteja inseguro com o seu currículo, pois acredita ainda não ter nenhuma experiência que possa brilhar aos olhos de um recrutador. Mesmo assim, não é o caso de você mentir habilidades que você ainda não adquiriu. Caso você não tenha experiência prévia, a dica dos especialistas é que você destaque os cursos que você já fez, os projetos importantes que você desenvolveu na escola e conhecimentos que possam agregar na área.

4. Uma área dedicada aos idiomas

Fala inglês? Destaque isso. Ainda mais para aqueles que buscam uma posição na área de tecnologia. Para os especialistas, habilidades em idiomas devem ganhar um local especial no currículo.

5. Seja sucinto

Você até pode ter feito muitas coisas em sua carreira, muitos trabalhos voluntários dignos de nota, viagens, cursos e especializações. Em todo caso, Bruna e Rafael aconselham que você não seja verborrágico aqui. Recrutadores recebem dezenas, centenas de currículos e se eles se depararem com um longo romance sobre suas habilidades, as chances de eles não darem atenção ao seu são altas. Conselho: limite-se a duas páginas.

6. Vídeo currículo, portfólio e linha do tempo

Segundo os especialistas, muita companhias têm solicitado de seus candidatos, além da carta de apresentação, um vídeo em que você se apresente. Essa é uma oportunidade para você cativar o recrutador. Já o portfólio, que complementa o currículo, é a chance que você tem para se destacar entre os demais concorrentes. Há ainda outra forma de chamar atenção de uma empresa. Um currículo criativo onde você utiliza de elementos gráficos para pontuar as conquistas da sua carreira. Para vagas que exigem um profissional criativo, este tipo de apresentação pode vir a seu favor.

7. Cuidado com as Redes Sociais

Muitos recrutadores buscam olhar as redes sociais de seus potenciais candidatos para ver se os mesmos se encaixam com a cultura da empresa. Soa como invasão de privacidade? Sim, mas a prática é comum. Caso você esteja concorrendo a aquela vaga dos sonhos, a dica é: tome cautela com o que escreve e compartilha.

8. Não chegue atrasado

Pode soar como um conselho desnecessário, mas os especialistas reforçam que o atraso é um dos vacilos que mais podem comprometer a sua oportunidade. Caso tudo dê errado, tome o cuidado de ligar para o recrutador e explicar o que aconteceu.

9. Faça perguntas

Na hora da entrevista de emprego, é o momento de você brilhar, de se vender bem e mostrar todo o seu carisma e como você pode contribuir para a vaga e a empresa. Entretanto é também a hora de você fazer perguntas. Os especialistas aconselham que você levante também todas as informações sobre a vaga e a cultura da empresa, porque é lá que você poderá passar o maior tempo da sua vida. Munidos de informações, você provavelmente não se frustrará.

10. Não pare de aprender

A gente não precisa dizer que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Em tecnologia, onde novas profissões surgem em ciclos cada vez mais curtos, o profissional que não se atualizar, ficará para trás. O conselho dos especialistas é que você sempre estude, dedique-se a cursos e palestras para se renovar. E uma vez conquistada a sonhada vaga, não hesite em assumir novas responsabilidades quando elas vierem até você.

——————

Visite as nossas páginas no FacebookTwitterInstagramFlipboard e SoundCloud!

Entre em contato com o Direto da Redação, mande sua notícia com fotos e vídeos, críticas ou elogios pelo WhatsApp: (69) 98108-7293

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.